Home / Ação Social / PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

400É um dos Setores do BANCO da ESPERANÇA da DIOCESE DE SANTA MARIA, integrado com a CÁRITAS REGIONAL – RS. Surgiu do estudo do Livro: “A POBREZA RIQUEZA DOS POVOS” do autor Africano Albert Tévoèdjeré. O estudo iniciou em 1980 e em 1986 iniciaram os primeiros PACs (Projetos Alternativos Comunitários) e em 15 de agosto de 1987, foi criado o PROJETO ESPERANÇA. É uma proposta que na Diocese de Santa Maria, articula e congrega as experiências de EPS (Economia Popular Solidária), no meio urbano e rural e na Prestação de Serviços, Desenvolvimento Solidário e Sustentável, Comércio Justo e Consumo Ético na perspectiva de “UMA OUTRA ECONOMIA QUE ACONTECE”. O PROJETO ESPERANÇA desde 1987, vem construindo o ASSOCIATIVISMO, o TRABALHO, a SOLIDARIEDADE, a CIDADANIA e um NOVO MODELO de DESENVOLVIMENTO SOLIDÁRIO SUSTENTÁVEL e AUGESTIONÁRIO, através da ECONOMIA SOLIDÁRIA e da INCLUSÃO SOCIAL. As Alternativas concretas da Democracia, do Desenvolvimento Humano, Solidário e Sustentável e a “REIVENÇÃO da ECONOMIA”, coloca o TRABALHO acima do CAPITAL, formando novos sujeitos para o pleno exercício da Cidadania. A MISEREOR/KZE, SAEMA, CÁRITAS BRASILEIRA, CARITAS/RS, Governo Federal através de vários Ministérios, IMS (Instituto Marista Solidariedade) e a Prefeitura Municipal de Santa Maria/RS são parceiros históricos, que muito contribuíram nesta construção coletiva e participativa ao longo destes anos. O PROJETO ESPERANÇA foi criado em 15 de agosto de 1987.

COOESPERANÇA

A COOESPERANÇA é a Cooperativa Mista dos Pequenos Produtores Rurais e Urbanos Vinculados ao PROJETO ESPERANÇA. É uma Central, que juntamente com o PROJETO ESPERANÇA, congrega e articula os grupos organizados e viabiliza a Comercialização Direta dos produtos produzidos pelos Empreendimentos Solidários, no Campo e na Cidade e que fortalecem juntos, com todos os grupos um Novo Modelo de Cooperativismo, na proposta Alternativa, Solidária, Transformadora e Autogestio-nária e do Desenvolvimento Solidário e Sustentável, na certeza de que “UM OUTRO COOPERATIVISMO É POSSÍVEL”.

A COOESPERANÇA trabalha, junto com o PROJETO ESPERANÇA de forma integrada, a proposta da ECONOMIA SOLIDÁRIA em vista de um Desenvolvimento Solidário e Sustentável, fortalecendo a CULTURA DA SOLIDARIEDADE. Foi fundada em 29 de setembro de 1989.

TEIA ESPERANÇA – UMA REDE DE COMERCIALIZAÇÃO

A TEIA ESPERANÇA, é a REDE DOS EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS asso-ciados ao Projeto Esperança da região central/RS, foi criada no dia 14 de janeiro de 2003, com o objetivo principal de articular os Empreendimentos Solidários, associados ao PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA, para um maior escoamento da produção, qualificação dos pontos de Comercialização Direta em vários Municípios da região Centro e a articulação dos Empreendimentos entre si. São dezenas de espaços fixos de COMERCIALIZAÇÃO DIRETA dos diversos grupos nos Municípios da Região Centro – RS, entre Feiras e espaços fixos de Comercialização Direta.

PRINCIPAIS SEGMENTOS QUE SÃO ATINGIDOS PELO PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

A Organização e a Formação

O Cooperativismo e a Economia Solidária

A Agricultura e Agroindústria Familiar

Os Catadores/as de Material Reciclado

Os Povos Indígenas

Os Quilombolas

A Cultura Afro Brasileira

Os Artesãos/as

Os Trabalhadores Urbanos na parte de Alimentação e Confecção

O Comércio Justo e Consumo Ético e Solidário

A Agroecologia

As Políticas Públicas

A Segurança Alimentar Nutricional Sustentável

As parcerias e a articulação com as Redes Nacionais e Internacionais de Economia Solidária.

CPT – Comissão Pastoral da Terra de Santa Maria

QUADRO GERAL DE RESUMO

Abrangência do Projeto Esperança/Cooesperança:

34 Municípios da Região Central – RS do Território da Cidadania

Nº de Empreendimentos Solidários: 250 grupos organizados Rurais e Urbanos

Nº de Famílias Beneficiadas: +/- 5 mil famílias

Nº de Pessoas Beneficiadas: +/- 22 mil pessoas

Articulação do Projeto Esperança/Cooesperança:

A nível Regional

A nível Estadual

A nível Nacional

A nível Internacional

A nível Latino Americano

A nível Intercontinental por ocasião dos grandes Eventos Internacionais que se realizam no mês de julho de cada ano, em Santa Maria – RS , através das Redes Mundiais de Economia Solidária.

DATAS HISTÓRICAS

Ano    1980 – Início do estudos dos  PACs (Projetos Alternativos Comunitários)

15/08/1987 – Criação do Projeto Esperança

05/06/1989 – Início da Comercialização Direta

29/09/1989 – Criação da Cooesperança

Ano    1990 – Início dos Feirões Temáticos na Praça Saldanha Marinho

01/04/1992 – Início do Feirão Colonial Semanal

14/01/2003 – Criação da Teia Esperança

03/08/2003 – Início do Projeto Catando Cidadania

01/07/1994 – Início da FEICOOP

06/07/2004 – Início da Feira de Economia Solidária do Mercosul

22 a 24/01/2010 – 1º Fórum Social e 1ª Feira Mundial de Economia Solidária

EVENTOS ESPECIAIS

FEICOOP – Feira do Cooperativismo

Feira de Economia Solidária do Mercosul

Feirão Colonial Semanal

Feira Mensal de Economia Solidária na Praça Saldanha Marinho

Cursos, Encontros, Conferências e Assembléias

Feiras Regionais da Agricultura Familiar e Economia Solidária

Seminários de Alternativas à Cultura do Fumo

Romarias da Terra e do Trabalhador/a

PROJETOESPERANÇA/COOESPERANÇA

MISSÃO

PROMOVER, INCENTIVAR, DESENCADEAR e CONSTRUIR o DesenvolvimentoUrbano, Rural e Regional Sustentável, com base nos princípios da Mística Cristã,  Solidariedade, Cooperativismo Alternativo, Autogestão, Organização, Luta pela  distribuição Justa da Terra e dos Frutos da Terra, Economia  Solidária,  Defesa do  Meio Ambiente, Agroecologia,  fomento e  fortalecimento de Alternativas à Cultura do Fumo, colocando a VIDA em primeiro lugar, com igual participação entre homens e mulheres, com comprometimento, confiança e espírito ECUMÊNICO, mediante Processos Educativos, Participativos e Transformadores, com o fortalecimento da Agricultura Familiar, Agroindústria Familiar, Comercialização Direta, o Consumo Justo, Ético e Solidário, no trabalho de Parcerias e Políticas Públicas, com incentivo a melhoria  da Qualidade de Vida,   Geração  de Trabalho e Renda, na Construção  de uma Sociedade:

SocialmenteJUSTA,

Economicamente VIÁVEL,

Ambientalmente SADIA,

OrganizadamenteCOOPERATIVADA,

Politicamente DEMOCRÁTICA

Animando e Fortalecendo a CULTURA DA SOLIDARIEDADE, e a valorização do TRABALHO acima do capital, formando NOVOS SUJEITOS PARA O PLENO EXERCÍCIO DA CIDADANIA e na CERTEZA de que “UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL”  e “UMA OUTRA ECONOMIA QUE ACONTECE”.

“ DO LOCAL PARA  O GLOBAL, FORTALECENDO AS REDES DE ECONOMIASOLIDÁRIA”

Contatos:

Projeto Esperança/Cooesperança:

Rua Silva Jardim, 1704

97.010-490 – Santa Maria – RS – Brasil

Fone/Fax: 55 3219-4599 / 3223-0219/3222-8275

E-mail: projeto@esperancacooesperanca.org.br / projespcooesp@terra.com.br

Site: www.esperancacooesperanca.org.br

Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter

Rua Heitor Campos, snº – 97.060-290 – Santa Maria – RS

Fone: 55 3222 6152

“Se quiseres planejar para um ano: plante cereais.

Se quiseres planejar para 30 anos: plante árvores.

Se quiseres planejar para 100 anos: organize e

motive a organização do Povo”. (Provérbio Chinês)

Veja Também

Oficina de artesanato com material reciclável

No mês de agosto iniciou mais uma nova oficina no Centro Social Madre Francisca Lechner, ...

Deixe uma resposta