Home / Ação Social / PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

400É um dos Setores do BANCO da ESPERANÇA da DIOCESE DE SANTA MARIA, integrado com a CÁRITAS REGIONAL – RS. Surgiu do estudo do Livro: “A POBREZA RIQUEZA DOS POVOS” do autor Africano Albert Tévoèdjeré. O estudo iniciou em 1980 e em 1986 iniciaram os primeiros PACs (Projetos Alternativos Comunitários) e em 15 de agosto de 1987, foi criado o PROJETO ESPERANÇA. É uma proposta que na Diocese de Santa Maria, articula e congrega as experiências de EPS (Economia Popular Solidária), no meio urbano e rural e na Prestação de Serviços, Desenvolvimento Solidário e Sustentável, Comércio Justo e Consumo Ético na perspectiva de “UMA OUTRA ECONOMIA QUE ACONTECE”. O PROJETO ESPERANÇA desde 1987, vem construindo o ASSOCIATIVISMO, o TRABALHO, a SOLIDARIEDADE, a CIDADANIA e um NOVO MODELO de DESENVOLVIMENTO SOLIDÁRIO SUSTENTÁVEL e AUGESTIONÁRIO, através da ECONOMIA SOLIDÁRIA e da INCLUSÃO SOCIAL. As Alternativas concretas da Democracia, do Desenvolvimento Humano, Solidário e Sustentável e a “REIVENÇÃO da ECONOMIA”, coloca o TRABALHO acima do CAPITAL, formando novos sujeitos para o pleno exercício da Cidadania. A MISEREOR/KZE, SAEMA, CÁRITAS BRASILEIRA, CARITAS/RS, Governo Federal através de vários Ministérios, IMS (Instituto Marista Solidariedade) e a Prefeitura Municipal de Santa Maria/RS são parceiros históricos, que muito contribuíram nesta construção coletiva e participativa ao longo destes anos. O PROJETO ESPERANÇA foi criado em 15 de agosto de 1987.

COOESPERANÇA

A COOESPERANÇA é a Cooperativa Mista dos Pequenos Produtores Rurais e Urbanos Vinculados ao PROJETO ESPERANÇA. É uma Central, que juntamente com o PROJETO ESPERANÇA, congrega e articula os grupos organizados e viabiliza a Comercialização Direta dos produtos produzidos pelos Empreendimentos Solidários, no Campo e na Cidade e que fortalecem juntos, com todos os grupos um Novo Modelo de Cooperativismo, na proposta Alternativa, Solidária, Transformadora e Autogestio-nária e do Desenvolvimento Solidário e Sustentável, na certeza de que “UM OUTRO COOPERATIVISMO É POSSÍVEL”.

A COOESPERANÇA trabalha, junto com o PROJETO ESPERANÇA de forma integrada, a proposta da ECONOMIA SOLIDÁRIA em vista de um Desenvolvimento Solidário e Sustentável, fortalecendo a CULTURA DA SOLIDARIEDADE. Foi fundada em 29 de setembro de 1989.

TEIA ESPERANÇA – UMA REDE DE COMERCIALIZAÇÃO

A TEIA ESPERANÇA, é a REDE DOS EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS asso-ciados ao Projeto Esperança da região central/RS, foi criada no dia 14 de janeiro de 2003, com o objetivo principal de articular os Empreendimentos Solidários, associados ao PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA, para um maior escoamento da produção, qualificação dos pontos de Comercialização Direta em vários Municípios da região Centro e a articulação dos Empreendimentos entre si. São dezenas de espaços fixos de COMERCIALIZAÇÃO DIRETA dos diversos grupos nos Municípios da Região Centro – RS, entre Feiras e espaços fixos de Comercialização Direta.

PRINCIPAIS SEGMENTOS QUE SÃO ATINGIDOS PELO PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA

A Organização e a Formação

O Cooperativismo e a Economia Solidária

A Agricultura e Agroindústria Familiar

Os Catadores/as de Material Reciclado

Os Povos Indígenas

Os Quilombolas

A Cultura Afro Brasileira

Os Artesãos/as

Os Trabalhadores Urbanos na parte de Alimentação e Confecção

O Comércio Justo e Consumo Ético e Solidário

A Agroecologia

As Políticas Públicas

A Segurança Alimentar Nutricional Sustentável

As parcerias e a articulação com as Redes Nacionais e Internacionais de Economia Solidária.

CPT – Comissão Pastoral da Terra de Santa Maria

QUADRO GERAL DE RESUMO

Abrangência do Projeto Esperança/Cooesperança:

34 Municípios da Região Central – RS do Território da Cidadania

Nº de Empreendimentos Solidários: 250 grupos organizados Rurais e Urbanos

Nº de Famílias Beneficiadas: +/- 5 mil famílias

Nº de Pessoas Beneficiadas: +/- 22 mil pessoas

Articulação do Projeto Esperança/Cooesperança:

A nível Regional

A nível Estadual

A nível Nacional

A nível Internacional

A nível Latino Americano

A nível Intercontinental por ocasião dos grandes Eventos Internacionais que se realizam no mês de julho de cada ano, em Santa Maria – RS , através das Redes Mundiais de Economia Solidária.

DATAS HISTÓRICAS

Ano    1980 – Início do estudos dos  PACs (Projetos Alternativos Comunitários)

15/08/1987 – Criação do Projeto Esperança

05/06/1989 – Início da Comercialização Direta

29/09/1989 – Criação da Cooesperança

Ano    1990 – Início dos Feirões Temáticos na Praça Saldanha Marinho

01/04/1992 – Início do Feirão Colonial Semanal

14/01/2003 – Criação da Teia Esperança

03/08/2003 – Início do Projeto Catando Cidadania

01/07/1994 – Início da FEICOOP

06/07/2004 – Início da Feira de Economia Solidária do Mercosul

22 a 24/01/2010 – 1º Fórum Social e 1ª Feira Mundial de Economia Solidária

EVENTOS ESPECIAIS

FEICOOP – Feira do Cooperativismo

Feira de Economia Solidária do Mercosul

Feirão Colonial Semanal

Feira Mensal de Economia Solidária na Praça Saldanha Marinho

Cursos, Encontros, Conferências e Assembléias

Feiras Regionais da Agricultura Familiar e Economia Solidária

Seminários de Alternativas à Cultura do Fumo

Romarias da Terra e do Trabalhador/a

PROJETOESPERANÇA/COOESPERANÇA

MISSÃO

PROMOVER, INCENTIVAR, DESENCADEAR e CONSTRUIR o DesenvolvimentoUrbano, Rural e Regional Sustentável, com base nos princípios da Mística Cristã,  Solidariedade, Cooperativismo Alternativo, Autogestão, Organização, Luta pela  distribuição Justa da Terra e dos Frutos da Terra, Economia  Solidária,  Defesa do  Meio Ambiente, Agroecologia,  fomento e  fortalecimento de Alternativas à Cultura do Fumo, colocando a VIDA em primeiro lugar, com igual participação entre homens e mulheres, com comprometimento, confiança e espírito ECUMÊNICO, mediante Processos Educativos, Participativos e Transformadores, com o fortalecimento da Agricultura Familiar, Agroindústria Familiar, Comercialização Direta, o Consumo Justo, Ético e Solidário, no trabalho de Parcerias e Políticas Públicas, com incentivo a melhoria  da Qualidade de Vida,   Geração  de Trabalho e Renda, na Construção  de uma Sociedade:

SocialmenteJUSTA,

Economicamente VIÁVEL,

Ambientalmente SADIA,

OrganizadamenteCOOPERATIVADA,

Politicamente DEMOCRÁTICA

Animando e Fortalecendo a CULTURA DA SOLIDARIEDADE, e a valorização do TRABALHO acima do capital, formando NOVOS SUJEITOS PARA O PLENO EXERCÍCIO DA CIDADANIA e na CERTEZA de que “UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL”  e “UMA OUTRA ECONOMIA QUE ACONTECE”.

“ DO LOCAL PARA  O GLOBAL, FORTALECENDO AS REDES DE ECONOMIASOLIDÁRIA”

Contatos:

Projeto Esperança/Cooesperança:

Rua Silva Jardim, 1704

97.010-490 – Santa Maria – RS – Brasil

Fone/Fax: 55 3219-4599 / 3223-0219/3222-8275

E-mail: projeto@esperancacooesperanca.org.br / projespcooesp@terra.com.br

Site: www.esperancacooesperanca.org.br

Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter

Rua Heitor Campos, snº – 97.060-290 – Santa Maria – RS

Fone: 55 3222 6152

“Se quiseres planejar para um ano: plante cereais.

Se quiseres planejar para 30 anos: plante árvores.

Se quiseres planejar para 100 anos: organize e

motive a organização do Povo”. (Provérbio Chinês)

Veja Também

Projeto Girassóis da Solidariedade na Escola Mãe Admirável

Na tarde do dia 21 de junho de 2016, foi realizada a primeira entrega dos ...

Deixe uma resposta